Porque se sentir injustiçado faz parte.

Por Elizeu NVL.

Quem nunca passou por momentos assim, “que falta de consideração, que injustiça!”.

Você pensa que não teve o reconhecimento devido da pessoa em que dedicou algum tempo ou fez-lhes atos generosos. Seja dentro da própria família, amigos, ou pessoa que tenha em grande estima.

Fato é que para maioria das pessoas as decepções superam as gratidões recebidas e se sentem injustiçadas.

Nosso desejo é que tudo em nossas vidas sigam o curso progressivo, ou seja, que as gratidões para conosco, aumente com fluir o tempo. Mas, esquecemos que a gratidão é constatada do ponto de vista subjetivo. Dai entende-se que provem do nosso ego.

Não pretendo dizer que não devemos esperar reciprocidade em tudo de bom que fazemos ao outros. No entanto, não esquecer que tudo o “que fazemos sob o sol é vaidade”(Rei Salomão).

Porém, quando todos deveríamos ser gratos por aprendermos continuamente sobre a natureza humana. “Egoísta, Ingrata, Injusta”. E buscar evolução espiritual.

Por que deveríamos agir assim?

Pelo mesmo motivo de sabermos quão mal são a injustiça e a ingratidão.

Se você se sentir “magoado” por sido injustiçado ou perceber a ingratidão de alguém que ama, ou tem grande estima, procure tirar o melhor proveito disso, não lhes dando o troco.

Por fim, se cada vez mais nos afastarmos do egoísmo, que destrói à nossa alma imortal, certamente, estaremos cumprindo o propósito de estarmos aqui, sobretudo, subindo degraus na escada em direção ao criador.
©Elizeu NVL, março/2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.