SOFRIMENTO: COMO PODEREMOS SUPERÁ-LO?

Qual de nós, “debaixo do sol” (Rei Salomão), deseja sofrer? — há unanimidade nisso, ninguém quer. No entanto, sofremos. — pouco importa se somos ricos ou pobres, perfeitos ou com limitações físicas, jovens ou idosos. É fato, que nunca estamos satisfeitos com a nossa realidade.

Por que nunca estamos plenos de satisfação?

Para entender esse “porquê”, é necessário antes de tudo, saber o que somos, e o que é sofrimento, porém, aqui, existe de algo paradoxal, que, ao mesmo tempo, que está separado de nos, e persiste dentro da gente. Contudo, é bem simples.

Sobre isso, os sábios da antiguidade nos ensinam, que “Vivemos num mundo de tempo e espaço, consequentemente, há uma separação entre os nossos desejos e a satisfação que buscamos” — (Cabalá). Com outras palavras, o ser humano é uma taça de desejo, e mesmo que esteja cheia (transborde), ele não se sente saciado. Essa é a maior causa que gera sofrimento.

Contudo, só haverá ausência da sensação de (vazio) e consequente prazer(completude), se invertermos, de desejo egoísta em empatia altruísta. — não se trata de mera caridade, mas, de um sentimento verdadeiro. Tal como, teoricamente conhecemos —“amar o próximo como a si mesmo”.

Portanto, o sofrimento é a causa resultante da eterna batalha entre nosso EGO que cultuamos e a COMPAIXÃO que externamos. ©Elizeu NVL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.