SER LIVRE: VOCÊ CONHECE A LIBERDADE?

Julgo ser difícil encontrar uma única pessoa, que nunca utilizou a expressão eu sou livre pelo menos algumas vezes durante sua vida, e há outros, contudo, que sonham com isso diuturnamente, também é certo, que muitos findam seus dias neste mundo, sem nunca terem a experiência real com a liberdade.

É fato, contudo, que se as pessoas forem descrever o que é ser livre, veremos que muitos não fazem à mínima ideia do que seja, e outros, entretanto, argumentarão que liberdade é um conceito bem amplo e trata de um ideal filosófico, etc., com grande peso de subjetividade. Soma-se a isso, que ser livre, dependerá do quanto o individuo conhece a si mesmo e qual seu envolvimento com dogmas e outras crendices, pois sabemos, que o seu discernimento estaria contaminado.

Nesta reflexão, porém, não temos a pretensão de aprofundar no assunto a ponto de esgotar um tema tão amplo. Mas, falaremos considerando o que está ao alcance de pessoas comuns (medianas), e assumiremos que liberdade: “um direito de agir segundo o seu livre arbítrio, de acordo com a própria vontade”.  Entretanto, ao final verificaremos quanta incoerência há sobre ponto de vista do que é ser livre ou não.

Inicialmente, devemos compreender que temos o que escolhemos, com exceção do nosso nascimento e da forma que fomos educados até à maturidade, depois isso, ao atingirmos vida adulta é inconcebível dizer que não tivemos escolhas. Se assim pensamos, lamentavelmente nunca seremos a pessoa que experimentará a sensação de ser livre.

Depois, que essa liberdade a que nos referimos, é essencialmente manifestada por alguém que vive plenamente segundo o seu livre arbítrio. Que essa, é construída ou conquistada, pagando-se um preço por ela. Pois, não seremos de fato livres, sem o exercício das nossas escolhas, sem pagar o custo dessas e que nunca estarão dissociadas de responsabilidades.

Ser livre, é a capacidade de fazer escolhas segundo o nosso próprio entendimento e do mundo que nos cerca, isso, sem nenhuma condição preestabelecida e a nós impostas. Aqui, não falamos de direito natural ou de modelos de comportamentos que julgamos perfeitos. Pelo contrário, pois, se assim fosse, seria o mesmo que anular o nosso livre arbítrio.

Portanto, ser livre, é fazer escolhas conscientes, que consideram a nossa capacidade plena de pensar livremente, sem estarmos sujeitos à algo, alguém ou alguma coisa, que não á nos mesmo. Desta maneira, nunca nos sentiríamos constrangido ou com medo das consequências de nossas decisões. Como já dissemos, toda a liberdade tem preço e responsabilidade. ©Elizeu NVL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.