LIBERDADE: O ALICERCE PARA FELICIDADE

Se pensarmos nas primeiras atitudes que temos na busca pela nossa liberdade, constataremos que essas, mesmo que tecnicamente fazemos por nossos instintos, na prática, é com elas que inauguramos na vida, pois, pelo ato de respirar fora do ventre materno estreamos como indivíduos, com potenciais para viver a felicidade.

Nesta reflexão não temos a pretensão de esgotar um tema tão abrangente, tão-somente provocar introspecção, no sentido de percebermos quão valioso e indispensável é a liberdade para a felicidade.

Dependendo do seu grau de evolução como ser consciente, a liberdade nunca estará separada de boa condição de saúde, seja: física, mental, espiritual e emocional. Entretanto, para os menos espiritualizados, condicionam-na, também ter a (posse) de bens e os recursos financeiros. Seja qual for o seu entendimento sobre o tema, é fato, que para os pontos de vistas citados, algo que é comum a todos: para ser feliz é indispensável ser livre.

Por fim, embora haja muita subjetividade, ninguém pode seguramente afirmar que conhece momentos felizes sem que primeiro esteja em LIBERDADE, pois, ela permite ao ser capaz, fazer escolhas livres e conscientes, nunca ESTANDO CONDICIONADO agir contrario a própria consciência. Julgo que a LIBERDADE verdadeiramente é o pilar base que sustenta o todo. © Elizeu NVL.